1/3

1/4
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

A taxa cobrada sobre as certidões emitidas é constitucional?

PERGUNTA: Boa tarde! A taxa cobrada sobre as certidões emitidas é constitucional?


RESPOSTA: O STF já decidiu ser inconstitucional a cobrança de taxa para a emissão de carnê de recolhimento de tributo.



Taxa para emissão de carnê de recolhimento de tributo é inconstitucional, reafirma STF.


O Supremo Tribunal Federal (STF) reafirmou seu entendimento contrário à cobrança de taxas para emissão de carnês de recolhimento de tributos. A decisão foi tomada no Recurso Extraordinário (RE) 789218, que teve repercussão geral reconhecida e provimento negado por meio de deliberação no Plenário Virtual da Corte, a fim de reafirmar jurisprudência dominante do Tribunal no sentido da inconstitucionalidade da cobrança.


No recurso, o município de Ouro Preto questiona decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) que entendeu inconstitucional a chamada “taxa de expediente”. Alegou o município que é possível a cobrança pois há uma prestação de um serviço público, que consiste na emissão de documentos e guias de interesse do administrado. Alega que a decisão do TJ-MG afronta o artigo 145, inciso II, da Constituição Federal, que autoriza a instituição de taxas pelo poder público pela utilização de serviços públicos.


Para o relator do RE, ministro Dias Toffoli, o tema reclama o reconhecimento da repercussão geral, tendo em vista a necessidade de o STF reiterar ao entes da federação seu entendimento acerca da taxa de expediente. Segundo esse entendimento, a emissão de guia de recolhimento de tributos é de interesse exclusivo da Administração, e constitui um instrumento usado na arrecadação.


“Não se trata de serviço público prestado ou colocado à disposição do contribuinte. Não há, no caso, qualquer contraprestação em favor do administrado, razão pela qual é ilegítima sua cobrança”, afirma o relator.


Em decisão tomada por maioria no Plenário Virtual do STF, foi reconhecida a repercussão geral da matéria e reafirmada a jurisprudência da Corte no sentido da inconstitucionalidade da instituição de taxas por emissão ou remessa de carnês e guias de recolhimento de tributos.

FT/A


Processos relacionados

RE 789218



Do mesmo modo, decidiu ser inconstitucional a cobrança de taxas para a emissão de certidões, por ferir o art. 5o, XXXIV, “b”. Veja:


Há ainda vários julgamentos em andamento, inclusive com repercussão geral. Tenho que é inconstitucional, por ferir o direito fundamental de acesso a certidões em repartições públicas para a defesa de direitos e esclarecimento de situações de interesse pessoal, previsto no art. 5º da Constituição.

#Taxa #STF

Destaques

Rua Edistio Pondé, 353, Edf. Emp. Tancredo Neves,

Sala 909, Stiep - Salvador - Bahia

CEP 41.770-395 | Tel: (71) 3340-0603

CNPJ: 09.094.300/0001-51

vendas@opentreinamentos.com.br

Conheça e assine o

Gestão Tributária

O informativo online que facilita a sua tomada de decisão, oferece informações relevantes atualizadas diariamente.

Conheça nossos planos especiais para empresas e profissionais liberais